Salvador: dicas de passeios na terra mais musical do país

Salve, Salvador!

Salvador é um lugar de contrastes. Cidade alta e cidade baixa. Beleza natural e degradação urbana.

Apesar de não ter gostado muito de lá (achei suja, violenta, com um climão bem pesado no centro), é preciso fazer algumas ressalvas. Salvador também tem um clima muito gostoso em algumas partes e oferece paisagens naturais incríveis.

Separei aqui alguns pontos que são indispensáveis numa visita à terra do axé. Quem conhecer Salvador melhor que eu e quiser deixar outras dicas, fique à vontade.

1. Pelourinho

Nesses pontos com maior fluxo de turista é preciso ter muito cuidado com os vendedores ambulantes de fitinhas, escapulários, crucifixo, etc. Normalmente eles chegam com a mesma conversa. Oferecem um produto e amarram uma fitinha no seu pulso dizendo que é “presente da Bahia”. Depois não saem do seu pé até você comprar algo. É um inferno. Portanto, se não quiser ser perturbado, não aceite absolutamente nada. Diga que já ganhou a fitinha e saia de perto.

2. Farol da Barra

Dentro do farol tem um museu e uma lojinha de lembrancinhas bem legais. Valei muito a pena!

3. Elevador Lacerda

A vista é fantástica. É nesse momento que você passa a ver Salvador com outros olhos. Pegar o elevador na parte alta e ir até a parte baixa para conhecer (e comprar muuuuito!) no Mercado Modelo.

4. Igreja de Nosso Senhor do Bonfim

Numa lojinha bem perto 100 fitinhas são vendidas por R$ 9,99. Já os ambulantes vendem 20 por R$ 10. Novamente: evitem os caras!

5. Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat

 

Outro ponto que oferece uma vista maravilhosa da cidade. Tem um barzinho bem legal (esqueci o nome).

6. Praça Castro Alves

Se puder ir no fim da tarde, vá. Olha que belezura de pôr do sol!!

P.S.: Indico muito também o hotel onde fiquei hospedada lá. O Bahia Othon Palace. Fica na Ondina, bem pertinho da Barra. Os quartos têm uma vista maravilhosa pro mar.

Até o próximo post!

A.

3 thoughts on “Salvador: dicas de passeios na terra mais musical do país

  1. Salvador realmente não é lá essas coisas, mas tem vários pontos legais. Mas eu acho que vale a pena uma visita rápida mesmo lá e conhecer melhor o litoral da Bahia como a Praia do Forte e a Costa do Sauípe que valem mais a pena.

    • Baseado em q vc diz q SSA n é lá essas coisas? No fim de domingo da orla imunda de Boa Viagem q n se pode nem pisar na água p/ n virar comida de tubarão? Ou nas pontes dos rios cheios de esgotos e fezes boiando lentamente para o mau cheiro que assola seus canais do Recife?
      Ah talvez seja na MEGA visão panorâmica pro nada do Alto da Sé?

      Obs.: No post, informo q não existe nossa senhora do Monte Serrat, existe o Forte e o bairro do Monte Serrat e a ponta do Humaitá.

      • Prezado Nordestino,

        respeito sua opnião sobre minha cidade e acho que você também deveria aceitar críticas à sua.

        Quanto à crítica sobre a praia de Boa Viagem, lamento que você seja tão mal informado. Seja mais seletivo em relação às informações que você recebe. Boa Viagem tem sim sérios problemas em relação aos tubarões, mas nada que impeça que uma pessoa coloque os pés na água. Pelo contrário. Fui à praia no último domingo e tomei um ótimo banho em suas águas quentes (aliás, como faço quase todos os fins de semana). Nos outros fins de semana, tenho como opção Porto de Galinhas (eleita 8 vezes consecutivas como a mais bela praia do país). Mesmo sem BV, temos opções de boas praias, então isso não me preocupa muito.

        Segundo: quanto à minha crítica em relação aos problemas de Salvador, você (muito mais do que eu) deveria estar preocupado com o descuido da cidade. Muitos desses problemas se assemelham aos do Recife e eu, como cidadã ativa (e não só de discurso) lembro a todos os recifenses (como jornalista) diariamente desses problemas e cobro soluções ao poder público. Acredito que sua cidade seria melhor vista pelos turistas se você começasse a observar as críticas de forma positiva e cobrasse respostas ao seu governo. Seria mais útil para você e para a sua cidade. Não ataque outras cidades, cuide da sua!

        Última questão: o Forte de Nossa Senhopra de Monte Serrat não existe? Então os guias de Salvador estão mal informados e passam dados incorretos para os turistas. É isso? Procurei outras informações na internet e encontrei algumas sobre o ponto. Incluindo esta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Forte_de_Nossa_Senhora_de_Monte_Serrat. Vá lá que é do Wikipédia, mas vários sites citam o forte com este nome. Acho que além de reconhecer os problemas de Salvador e tentar ajudar a solucioná-los, você deveria conhecer melhor os nomes que são divulgados dos pontos turísticos.

        Sem mais…

        Abraços fraternos de uma nordestina que se orgulha (e muito) de sua região. Anamaria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s