O paraíso é logo ali…

O arquipélago de Fernando de Noronha é um dos destinos mais procurados no Brasil. Viajar para Noronha pode significar a realização de um sonho para a maioria dos brasileiros.

Quem visita o arquipélago tem a sensação de estar em um Brasil muito diferente. São 17 quilômetros quadrados de pura natureza a 545 quilômetros da costa brasileira, onde vive uma população de pouco mais de 2 mil habitantes.

Os moradores das ilhas são um espetáculo à parte. Sempre com um sorriso no rosto, eles recebem os visitantes  com muito carinho. Mas ai de quem falar que tem vontade de ir morar lá. Eles logo dizem que você não vai conseguir, que pra ficar em Noronha de vez é mais difícil do que ganhar cidadania americana.

“Num é qualquer um que mora aqui não, viu? Meu marido mesmo me deu um golpe só pra ter o Green Card Noronhense”, disse a guia quando uma médica paulista que estava no meu grupo de passeio disse ter vontade de passar o resto da vida na ilha.

Vale a pena perder um pouquinho do tempo de passeios para conversar com os nativos. Parece que eles vivem em outro país. Não têm, por exemplo, a noção de violência e o medo que temos nas “cidades grandes”. Uma das histórias que mais chamaram a minha atenção foi contada por uma moça de 25 anos.

Eu aproveitei um passeio de barco para perguntar se tinha maternidade no único hospital da ilha (o São Lucas). A moça me disse que não, então eu perguntei como as mulheres de lá tinham filhos. “Somos ‘expulsas’ da ilha aos 7 meses de gestação. Somos obrigadas a ir para o continente. Normalmente, as mulheres vão pro Recife. Temos que ficar por lá até o bebê nascer”, contou.

“Uma amiga minha fez uma loucura só porque queria ter o bebê em Noronha. Ela foi para o Recife quando a administração mandou. Chegando lá, ela passou apenas um dia. Colocou uma cinta modeladora, fingiu que não estava grávida e voltou para a ilha. Teve o filho em casa, como sempre desejou”, disse uma guia que ouviu nossa conversa.

Turismo

O turismo em Noronha é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade do encontro equilibrado do homem com a natureza em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo.

Fenda que dá acesso à praia do Sancho

Atualmente só existem dois voos diários que partem para ilha, um saindo de Recife e outro de Natal, não existem voos direto de outras cidades porque a ilha não tem estrutura para reabastecimento das aeronaves seguirem para outros destinos.

Vou colocar abaixo um quadrinho com o preço médio dos principais passeios em Noronha:

Preço por pessoa

Bom fim de semana!

Aninha.

3 thoughts on “O paraíso é logo ali…

  1. Dias maravilhosos em Noronha! Primeiro em 2009 com a filhota Mariana e em 2010 com a filhota Anamaria. Uma dica legal: o Empório São Miguel, no Prq. Flamboyant, possui preços mais acessíveis do que os demais estabelecimentos da Ilha.

  2. Aninha chegar até a praia do Sancho é uma aventura e um desafio… Além da fenda, descer aquela quantidade de degraus!!! Nossa!!! Ufaaa! mas vale a pena!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s